Tudo que é garantido não desperta tesão…

Essa frase foi dita pela sexóloga Marta Suplicy no antigo programa TV Mulher/Tv Globo …

Em Países desenvolvidos a forma de contratação e continuidade desse contrato é sempre através da competência técnica ,ou seja para preencher vagas somente por concurso publico ,com critérios técnicos rígidos afim de contratar a melhor mão de obra ,oferecendo bons salários e condições técnicas viáveis,sem vantagens paralelas e com segurança de receber em dia o bom salario pactuado,parou ai, nada de estabilidade vitalicia…

ENQUANTO FOR BOM TÁ EMPREGADO,PELO FIM DO PALETÓ NA CADEIRA :

A estabilidade contratual existe ,mas só no prazo de execução dos serviços ,nada eterno ,essa historia que passou no concurso e no prazo probatório é dono salario pelo resto da vida não existe,terminou o contrato,ou não foi eficiente durante a execução,ou o estado não tem mais interesse no tipo de mão de obra contratada:Tial! ,o funcionário publico bom não tem medo de ser demitido.Não se pode punir o coitado do pobre do trabalhador contribuinte que paga impostos ao abrir a toneira comprar arroz e feijão,ligar a luz e pagar o ônibus…Pobre não tem como sonegar..

TEMOS QUE DAR AOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS EFICIENTES O DIREITO DE GANHAR BEM, ATÉ FICAR RICOS LICITAMENTE….

Nesses países os únicos cargos que tem estabilidade limitadas são : Juiz de direito,fiscal de tributos e policiais ,mas podem ser tecnicamente desligados sem recursos judiciais, por fraca produtividade ou incompetência demostrada, com mais produtividade não é necessário contratar muitos ,e assim pode pagar mais ,premiar bem produções ,ou seja o funcionário poderá até ficar rico licitamente pela sua competência,pois nas regras atuais ficar rico trabalhando no serviço publico só roubando…Não podemos mais perder bons funcionários para iniciativa privada…

Pelo fim da estabilidade dada automaticamente em concurso ,e também pelo fim de teto salarial para quem é competente ,deve ganhar bem …

¨Mãe pelo jeito que a Senhora esta perdoando os infiéis o Céu vai virar serviço público :EXISTE MAS NÃO FUNCIONA …¨

Texto de Alto da Compadecida ,Ariano Suassuna ,1955,dialogo entre Jesus e sua Mãe ,Nossa Senhora Aparecida.

Valorizando o Dinheiro pago ao Serviço Público

Este blog foi criado para Valorizar o Serviço Público para que paga,usa ou trabalha nele…
Temos que ser rápidos,¨bolo¨de impostos está diminuindo ,aplicar bem esse dinheiro para o Bem Público é impreenchível no retorno desses serviços para toda sociedade…

Objetivos Principais deste:

-Agregar Pessoas que querem o bem comum para a sociedade , como canal de ideias e manifestações,sem tabus, que valorize a aplicação melhor e correta dos nossos Impostos ,sendo esses os principais objetivos:

-Melhorar as formas de Contratação dos prestadores de serviços ,tanto concursados e prestadores eventuais ,pessoas físicas e jurídicas na execução de seus trabalhos tanto como funcionários concursados,ou empresas que prestam serviços atreves de mecanismos de licitações ou similares , ou seja : Melhorar o retorno publico desses investimentos que duramente pagamos…sugerimos para abrir nossas discussões :

1- Mudar radicalmente as formas de contração com o objetivo de ter serviços e bens públicos melhores no retorno real desses investimentos.

Sugestões Inciais Empresas, Empreiteiras etc:

-Mudar radicalmente as formas de contratação de quem recebe dinheiro público tanto empresas e pessoas físicas ,cobrando resultados melhores ,ou seja melhorando a eficiência na aplicação desse dinheiro,como ?mudando as formas que na pratica não funciona mais:

Obras Publicas :

A-Nos editais incluir com mais enfase as clausulas que elimine ou reduzam drasticamente as possibilidades de adicionais de pagamentos de não previstos tecnicamente ou esquecidos intencionalmente,hoje as Empresas entram nas Licitações da obra sabendo que o orçamento previstos não vai concluir a mesma ,confiam nos não previstos que dobram e até quadruplica os orçamentos previstos : é uma festa garantida !

B-Fatiar a obra com varias empresas diretamente,hoje contrata-se empresa ou consórcios de duas ou quatros,que posteriormente já fatiam com muitas empresas pequenas durante execução, o servidor publico não sabe fiscalizar,só liberar pagamentos,devem criar bons prêmios em dinheiro ao servidor gerente que executar a obra abaixo do valor previsto , isso sim é valorizar o Servidor…

C-Ter novos criterios rígidos na segurança no edital de contratação e execução dos serviços antes do inicio das obras,ela será punida se não prever o obvio,hoje mesmo sabendo que o planejamento financeiro da obra não vai dar , a empresa entra sabendo que vai usar esses argumentos para aumentar seus ganhos futuramente..

Vamos comentar no posterior post as mudanças das formas de contratação de funciona rios públicos..